Translate

terça-feira, 23 de abril de 2013

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Link para poemas



Link para baixar seleção de poemas!


http://www.recantodasletras.com.br/e-livros/4245185





Pablo Danielli

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Palavras

Palavras só ganham um real sentido, quando penetram na alma, quando ganham nosso respirar e quando dominam nossa mente. Tão pouco importa um bom artigo, um belo poema ou um famoso livro, se dele não houver a entrega do leitor. No final as letras servem como faíscas para algo maior, emocionar e quem sabe revolucionar.
Algumas palavras sobre a vida, cotidiano, nosso eu mundano. Alguma coisa que ficou engasgada, algum sentimento solto, alguma sobra de liberdade. Um certo desejo contido, quem sabe uma revolta contra o sistema, contra a rotina, quebrar a tal da sina.
Se a vida é muito mais que ser um boi de canga, não sei, quando aqui cheguei, ha muito tempo as pessoas viviam nesse clichê. Uma mistura de fantasia com mentiras, um certo ar de republica em meio ha tantas chibatadas, aos poucos sem perceber que o abismo não é entre eu e você, mas entre a verdade e o sistema.

Pablo Danielli

Motivos

Será que chegamos a um certo momento, em que falar o que se pensa é um ato de preconceito e não de liberdade de expressão? O grande debate provavelmente será, não se é a favor ou contra algo ou causa, mas se poderá expressar para os outros sua opinião sobre tal assunto, sem sofrer represálias por isto.
Democracia é aceitar a opinião do próximo e respeita-la, mesmo sendo contra, querer impor ideias nos remete a ditadura, os meios de comunicação não estão sabendo lidar com esses novos desafios, tão pouco nossas escolas e governo. É necessário um debate mais abrangente sobre esses novos desafios da comunicação, e isso envolve inevitavelmente o interesse e envolvimentos de todas as pessoas. O que parece ser um desafio maior ainda.

Pablo Danielli

quinta-feira, 11 de abril de 2013

A vida inteira

Começa com uma letra, uma palavra
Uma frase e quem sabe virgulas e exclamação!
Um sorriso, uma lagrima, um momento e pensamentos,
E quando se percebe,ao piscar olhos
Alguns poucos suspiros e brincadeiras
Sem saber,la se foi a vida inteira!

Pablo Danielli

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Facebook

Like two lovers

Like two lovers,
We walked the streets, between the city walls defaced,
Contemplating all inequality,
With the sky and witness the tears of our love.
Through the dark alleys, notorious,
Homeless and hungry, observe
The pride, fulness of our love.
The stench of the gutters,
This no longer disturbs us most,
And so we walk through broken squares,
Poorly lit and deserted.
We contemplate the beauty of being different,
In a universe equal.
And potholed sidewalks, we reached our final destination,
For we love the sound of bullets crossed,
In my apartment twenty meters frames,
Distributed between living room and bedroom,
On the outskirts of town.


Pablo Danielli


Como dois amantes,
Caminhamos pelas ruas, entre muros pichados da cidade,
Contemplando toda desigualdade,
Com o céu de testemunha das lagrimas e de nosso amor.
Pelos becos escuros, famigerados,
Sem tetos e famintos, observam
A soberba, fartura de nosso amor.
O mau cheiro das sarjetas,
Este, já não nos atrapalha mais,
E assim, passeamos por praças quebradas,
Mal iluminadas e abandonadas.
Contemplamos a beleza de ser diferente,
Em um universo igual.
E pelas calçadas esburacadas, chegamos ao nosso destino final,
Para nos amarmos ao som de balas cruzadas,
Em meu apartamento de vinte metros quadros,
Distribuídos entre sala e quarto,
Na periferia da cidade.

Pablo Danielli

terça-feira, 2 de abril de 2013

Em silencio

And you waiting violence happen
The next shot, the next scream!
Playing guess
What will be the dark alley
That a politician will be corrupted.


Wounds that never heal
In a corrupt society,
Where chaos reigns, corruption!


Russian roulette with the citizen
Day in, day out, the circus of civilization,
Another body falling to the ground.


The bloodstains are covers of newspapers,
IBOPE Guarantee on TV
The festival takes place in our backyard
How much do you prepare for dinner!


Pretending that no longer afraid
Praying silently weeping in secret
For your family does not turn victim
His omission lack of expression!




Pablo Danielli
E você esperando a violência acontecer

O próximo tiro, o próximo grito!

Brincando de adivinhar,

Qual será o beco escuro

Que um politico vai se corromper.




Feridas que nunca cicatrizam

De uma sociedade corrompida,

Aonde impera o caos, corrupção!




Roleta russa com o cidadão

Dia sim, dia não, no circo da civilização,

Mais um corpo que cai ao chão.




As manchas de sangue, são Capas de jornais,

Garantia de ibope na televisão

A festa acontece no nosso quintal

Em quanto você se prepara pro jantar!




Fingindo que não tem mais medo

Rezando em silencio, chorando em segredo,

Para que sua família não vire vitima

Da sua omissão, falta de expressão!







Pablo Danielli

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Motivos e razões

Pode protestar, mas não pode atrapalhar o transito!
Pode lutar pelos seus direitos, só que não depois das seis!!!???
Estudante paga meia pra que brigar? Que corrupção??? Se a mídia não mostra é porque não aconteceu!!!hã???
Pessoas que justificam ser contra protestos só podem estar satisfeitas com as filas, nos hospitais, com as mortes no transito!
Como assim? Não é bem assim? protesto de teclado funciona! Só se for no mundinho apático de quem não quer se incomodar!
Pressão popular é o que atinge o governante, o medo de perder o salário e gratificação, isso quando não outros meios ilícitos é o que assusta!
Colocaram cinco mil hoje, que amanha sejam dez! depois quinze! que os protestos sejam pela falta de estrutura, pelo mau uso do dinheiro publico!
Que seja pelo livre arbítrio e o direito de ir e vir a cinco reais e ônibus lotados na volta do trabalho!!!! Sem ar condicionado!!!
(Só em terceiro mundo, no Brasil isso não existe! Será?????)
O governo diz que não, a mídia finge que não vê! E tem gente que ainda defende a parte podre da sociedade,
quando tudo que se busca é um pouco(??) mesmo que uma miséria de igualdade!

Se não atrapalhar a rotina dos apáticos é claro!

OBS: Não esquecer de pedir licença quando for passar!


Pablo Danielli

Emoções

"Um sorriso não é a certeza de felicidade. Da mesma forma que uma lagrima não significa que seja apenas tristeza, as emoções vão muito além de um olhar é necessário respira-las para entender seu real significado".

Pablo Danielli

Pesquisar este blog