Translate

sexta-feira, 27 de março de 2015

Terra

É tua 
A terra que pisas,
Mas somente a que esta em tuas solas,
Os passos que ficaram ao tempo,
Estes não te pertencem mais...
Tão pouco, os que mesmo distante,
Almeja dar.
Não tem direito algum e nunca terá
Sobre a vida que se apresenta
Como forma de presente.
E o calor que sentistes 
Em alguns momentos,
Será substituído por noites frias.
Assim é a vida...
Hoje se tira, amanha se dá.


Pablo Danielli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog