Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

Amar, muito além de parafrasear

Hora presos, hora livres

Governo Absoluto

Sangra, pobre criança!

Como sempre está

Com a força da flor

Joãozinho e o mundo

sonhos

Poesia

Cinco Poemas

Resto de chão

Somente o sentir

Um pouco de tempo

Margens

temores

Tosco

A duvida que existe

Anacrônico

Ar e poesia

Eu, poesia!

Ar e poesia

Lança

À tarde de tardes rotineiras

Milagreiro

Tempo, laços e amores

Batendo a porta

Romper

Sem janela, nem porta