Translate

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Dança



Seu corpo parecia flutuar,
A cada movimento sutil,
A cada toque de seus pés,
Faziam daquela simples dança, um ritual.

Seu corpo, respirava o momento,
Passava para todos que lhe observavam,
Através de sua transpiração, sua paixão pela musica.

Fazendo com que tudo ao seu redor fosse ignorado,
E todos mantivessem seus olhos nela, apenas nela,
Despida de qualquer timidez ou pudor,
Fazendo da imensa solidão do palco,
Se encher com os aplausos da platéia.

Hipnotizados pela entrega e união,
De seu corpo, alma e coração,
Em uma exuberante exibição de dança e paixão.

Pablo Danielli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog