O abismo que existe entre o sorriso e a lagrima
É tão tênue quanto à seda que cobre teu corpo.
A luz que não me deixa ver e por vezes cega,
Chega me confundir com teu brilho,
Embora não ilumine meu caminho esta noite.
Ainda assim, minha mente passeia,
Nos mistérios da escuridão.


Pablo Danielli

Comentários

Postagens mais visitadas