Translate

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

O sinal fechado
Ninguém parou,
Um tiro paira no sentimento
Mais um corpo esticado,
Mãos ao chão!
Ninguém olhou.
A vida os ignorou
Ajudar é fraqueza,
Te faz vulnerável,
No país do escracho!
Lagrimas e lamentações
Uma boa foto,
Capa de jornal!
Matéria de primeira
Ibope do descaso.
Cansado de ser invisível
Sensível às criticas,
Orgulhos feridos
De mentes que não estão nem ai.
A vida segue
Fecha-se uma cortina,
Aplausos finais
A vida continua.
O morto é estranhamente desconhecido
Melhor assim, não faz mal!


Pablo Danielli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog