Translate

terça-feira, 15 de setembro de 2015



Verdades obsoletas




Nasce sem pedir, parte sem querer ir,

Não é o inicio, não é o meio, nem o fim.

A maioria dos relacionamentos

Tem o mesmo problema,

O silencio acaba se tornando

A frase favorita neles.

A maioria dos amantes

Tem o mesmo objetivo,

Se sentir desejado.

Não se pode pedir para mentir,

Não se pode pedir para julgar,

Não se pode pedir para amar.

A trilha do sol é sempre mais quente,

Mas quem quer se queimar?

A trilha da chuva é sempre mais fria,

Mas quem quer se molhar?

Sempre sorri no inicio,

Mas nunca quer chorar no fim.

Sentiu medo

Mas não chorou,

Sentiu frio

Mas não se esquentou,

Sentiu amor

Mas não se empolgou.

Verdades obsoletas

Em um mundo de redundâncias,

Salve, salve, nossa ignorância.




Pablo Danielli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog