Translate

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Nenhum homem
É tão homem,
Que não possa chorar.
E não ha mulher traída
Que não volte a amar!
Regras da vida essa nobre vadia
Que vai dia e volta dia,
Insiste em mudar.
O que passou, é a graça,
História para contar!

Pablo Danielli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog