Translate

quarta-feira, 9 de março de 2016


Batendo a porta

A miséria e a fome
Ainda não descobriram,
O caminho dos ricos.
Estão ocupadas
Batendo á porta,
Dos pobres.
Há duvida que insiste
E quando se acabarem os pobres?
Haverá risos na boca dos omitidos,
Ou o medo tomará conta.
Sando que em país subdesenvolvido
A miséria não fica,
Sem marido.

Pablo Danielli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog