Translate

terça-feira, 3 de maio de 2016

A culpa é de Darwin


Caro leitor, andei pensando muito ao ver as ultimas noticias imparciais (parcial), dos telejornais neste nobre país. São tantas coisas acontecendo, caos na educação, saúde publica, segurança e política, que refleti comigo mesmo, que o meu desejo era voltar no tempo! Sim, voltar no tempo, mas não para avisar as pessoas de como esta ruim, pois não adiantaria, não para sugerir soluções ou mostrar o caminho das coisas, pois de nada adiantaria.

O meu motivo para voltar no tempo e muitos e muitos anos atrás, seria para cometer um crime, sim, mas não se espantem, seria para o bem de todos os brasileiros, pois pensando muito sobre o que acontece no país hoje, eu mataria o Darwin, aquele da teoria da evolução, de se adaptar para sobreviver, evoluir, sei que surgem duvidas sobre isso e até certo espanto ao correr os olhos por estas linhas mal escritas.

Cheguei à conclusão de que o brasileiro é fã de Darwin, que os políticos leram e releram sua grande obra e se assim não fizeram, assimilaram suas palavras de forma inconsciente, pois para onde olhamos vemos sinais de que as pessoas desde belo país aplicam teoria tão antiga quanto nossos governantes.

Durante toda a história deste país, a população de uma forma geral se adapta as circunstancias, arrumando novas formas de conviver com a sociedade, planejando e articulando para sempre tirar vantagem. Em uma comparação grotesca, Darwin esta para políticos, malandros e corruptos, assim como Deus está para os religiosos, é uma divindade, suas palavras são seguidas e difundidas e não há perspectiva de mudanças no horizonte.

Vemos promessas, vemos acusações e vemos aperto de mãos como se tudo fosse natural, igual e banal, estamos tão acostumados com esse jogo de interesses e falta de escrúpulo que achamos tudo muito natural, não nos assustamos e nem nos indignamos mais, talvez todos sem saber aderimos a sua teoria.

Bem, talvez para não ser tão radical, nem ser acusado de assassinato de uma das figuras mais importantes da história, levaria comigo nesta viagem do tempo, jornais, revistas e demais adereços para mostrar para tal criador, que os brasileiros destorceram tal teoria. Quem sabe ao divulga-la, ele escreveria uma nota de observação ao final da sua teoria da evolução, exceto para os brasileiros, políticos, malandros e afins.


Pablo Danielli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog