Translate

quinta-feira, 20 de outubro de 2016



(A poesia)

A poesia feita
De palavras, sentimentos,
Duras verdades.
Um laço
Na cabeça, dos descrentes,
Um tiro no escuro
Eco no vazio da mente.
Voz
Para os que recusam,
Se expressar.
Olhos
Para aqueles que insistem,
Em não se desvendar.
Mentiras
Para aqueles que já não conseguem
Fingir amar.
Sem sentido, complexo,
Absurdamente lindo!
A poesia
Por mais esquecida
Que esteja,
Nunca tem fim!
Basta um olhar
Para recomeçar.


Pablo Danielli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog