Translate

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Sorriu...
Quando ninguém sabia,
Contagiou com amor,
Velhos pensamentos vazios.
Fez o coração pulsar,
Quando já não havia, esperança de vida,
Ao olhar sem desejar, tocou almas para curar.
Por fim...
A criança coloriu a casa,
Com a única coisa que possuía,
Sua alegria!

Pablo Danielli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog