Translate

terça-feira, 23 de agosto de 2016



{A Conquista do Amor}



Os Deuses do Olimpo se erguem,


E ao ver quem se aproxima, se curvam,


Diante de tal feito e conquista inigualável.






Os céus celebram a sua chagada,


Os anjos o recebem com salvas e louvores.






A árvore da vida celebra seus novos frutos,


O Deus supremo ao ver, parece não acreditar,


Deixa cair uma lagrima de emoção,


Onde a esperança enfim se renova.






Os poetas em seu reduto sagrado


Se inspiram, escrevem sem parar,


Sonetos, poemas e cartas,


Tudo para que tal fato, seja lembrado pela eternidade.






E ao adentrar os portões do reino dos amores


Com sua Afrodite, flutua pelos longos campos da alegria,


Segura em seus braços sua conquista e lhe corteja como se fosse este


Seu ultimo dia.






E tendo sol e lua como testemunhas


Vive intensamente seu grande e verdadeiro amor.


Anestesiando corpo e alma


Para que seu coração sinta e viva


O eterno momento em que se encontra sua vida.






Amar é sublime, é o majestoso momento de duas almas


Que se unem e sentem o que poetas tentam descrever com palavras,


E fazem da vida um lindo soneto.


Cantado aos quatro ventos.







Pablo Danielli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog