Translate

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Ilusão



Nem sempre, 

É nobre o gesto.

Nem sempre,

É justa a causa.

Muitas vezes,

Apalavra não é bela.

Às vezes,

As mãos ficam são sujas.

Retidão...

Nem sempre é possível.

Honestidade...

Depende do momento.

A hombridade,

Nunca é discutida.

Entre a maciez da voz,

E a brutalidade do olhar...

A política se mantém entre os homens.

De índoles questionáveis,

Um espetáculo a parte...

Sem regras claras,

Feito as escuras.

Em um momento do tempo,

Chamado Brasil.





Pablo Danielli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog